Hoje é 29 novembro 2021

Projeto que concede ao Campo das Vertentes o título de polo Mineiro dos Móveis Rústicos é aprovado em 1º turno

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais aprovou nessa quarta-feira (17/11) em 1º turno, o projeto que transforma a região do Campo das Vertentes em Polo Mineiro dos Móveis Rústicos. O Projeto de Lei 4.878/17  é de autoria do deputado estadual Cristiano Silveira.

“A produção de móveis de madeira de demolição é uma marca da região. Cidades como Santa Cruz de Minas, Prados, Tiradentes, Lagoa Dourada, Coronel Xavier Chaves, Resende Costa e toda a microrregião de São João del-Rei se destacam na produção de móveis rústicos, que movimentam a economia e geram emprego e renda na região”, explica o autor da proposta.

Entre os objetivos da proposta estão o fortalecimento da cadeia produtiva, o incentivo à produção e a geração de emprego e renda. “Com o reconhecimento do Polo, daremos um importante passo na consolidação da produção local e na divulgação dos municípios”, acrescenta Cristiano Silveira.

Para se tornar Lei, o projeto precisa ainda retornar à Comissão de Desenvolvimento Econômico, ser aprovado em 2º turno pelo plenário da ALMG e sancionado pelo governador.

Ações

O projeto também prevê algumas ações governamentais, como a promoção do desenvolvimento do polo para fortalecer a cadeia produtiva de moveis rústicos, a promoção de ações de capacitação comercial e gerencial, a criação de fomentos e incentivos fiscais, e a criação de linhas de crédito.

“No projeto, também deixamos claro que essas ações precisam ser planejadas e executadas com a participação dos representantes dos produtores e comerciantes, para que atendam as reais demandas do setor”, explica Silveira.

Desenvolvimento Regional

Cristiano Silveira também autor dos projetos que deram a Lagoa Dourada o título de Capital Estadual do Rocambole; a São Tiago o título de Capital Estadual do Café com Biscoito e a Resende Costa o título de Capital Estadual do Tear. O deputado também foi o responsável pelo desarquivamento do projeto que tornou Dores de Campos Capital Estadual da Selaria.


Posts Relacionados