Hoje é 1 outubro 2022

Audiência Pública debate recomposição de quadros e fortalecimento da Secretaria de Estado de Meio Ambiente

Na próxima segunda-feira, 16/05, às 14h, a Comissão de Administração Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realiza audiência pública para debater a recomposição dos quadros de servidores e fortalecimento da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável – Semad.

A audiência foi solicitada pelo deputado estadual Cristiano Silveira, atendendo à demanda apresentada a ele pelo Sindicato dos Servidores Públicos do Meio Ambiente do Estado de Minas Gerais (Sindsema). Entre as reivindicações apresentadas pelo sindicato estão mudanças no plano de carreira da categoria, homologado em 2016 mas ainda não implementado, o reposicionamento de servidores titulados e a recomposição de quadros dos órgãos de meio ambiente.
Segundo dados apresentados pela presidente do Sindsema, Regina Pimenta Assunção, nos últimos quatro anos o Sistema Estadual do Meio Ambiente (Sisema) sofreu defasagem de 300 servidores. Sendo o número atual de servidores insuficiente para as diversas funções desempenhadas pelo Sistema, como o monitoramento da qualidade das águas e o atendimento aos acidentes ambientais no estado.

Para o deputado estadual Cristiano Silveira, a valorização do servidor e do Sistema de Meio Ambiente é fundamental para garantir a fiscalização e cumprimento nas normas no nosso estado, tão prejudicado pela exploração ambiental. “Lamentavelmente, nos últimos anos, Minas Gerais vem convivendo com crimes bárbaros e a gente precisa fazer a boa fiscalização, monitoramento, e pensar políticas públicas para avançar”, aponta o deputado.

Para isso, é necessário que o servidor seja valorizado e tenha ferramentas adequadas, além de número de pessoal suficiente para executar todas as ações necessárias. “O governo tem que entender que a política pública é executada pelo servidor. Teremos uma política pública melhor para a sociedade quando o servidor tiver um plano de carreira, estiver valorizado, tiver acesso a uma formação permanente, e a equipamentos para que ele possa trabalhar com mais efetividade”.

Posts Relacionados