Hoje é 9 dezembro 2022

Recomeça Minas discute retomada econômica do Campo das Vertentes

Na tarde desta quinta-feira (15/04/21), a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realizou um encontro com lideranças do Campo das Vertentes para discutir, junto com empresários, prefeitos e parlamentares, o aperfeiçoamento do Recomeça Minas. O programa é uma iniciativa da ALMG que busca criar condições para que os setores mais atingidos pelos efeitos econômicos da pandemia da covid-19 retornem suas atividades. A intenção é apoiar as empresas mineiras, manter e criar empregos e gerar recursos para o Estado.

 

Flexibilização do comércio

Durante a reunião virtual, prefeitos e empresários criticaram a falta de assistência do governo no enfrentamento à pandemia e a implantação de restrições. Também apontaram que a ausência de  vigilância efetiva sobre a propagação do vírus, tem causado graves danos a setores fundamentais para a economia da região. “O Estado decretou a onda roxa mas não ofereceu nenhum apoio”, protestou o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de São João del-Rei, Wainer Haddad. O ramo do turismo, importante tanto no Sudoeste, onde está localizado o Lago de Furnas, como nas Vertentes, onde existem várias cidades históricas, como Tiradentes, também foi pauta da discussão, já que tem sido muito afetado pela suspensão das atividades.

 

Auxílio emergencial

Um dos coordenadores do evento, o deputado estadual Cristiano Silveira se mostrou preocupado com os danos econômicos. Para ele, é preciso garantir a segurança alimentar da população, com a criação de um auxílio emergencial estadual, e ações que amparem os empresários e comerciantes. “A gente precisa estar preparado para responder as outras questões que vão surgir, que são fortes, como as do ponto de vista econômico. Hoje o Brasil tem 120 milhões de pessoas em situação de insegurança alimentar, 14% de taxa de desemprego e em média 60 milhões de brasileiros em situação de extrema pobreza, então é urgente que a gente pense caminhos e saídas dentro do ponto de vista econômico. O Recomeça Minas é isso.”

No encerramento, o deputado reforçou seu apoio aos setores comprometidos e à região: “Nosso mandato continua vigilante em defesa de todo o Campo das Vertentes e dos setores mais afetados e seus trabalhadores”.

 

Posts Relacionados