Hoje é 22 outubro 2018

Pessoa LGBT pode doar sangue sim!

fda-divulgacao

Projeto busca promover isonomia de tratamento nos hemocentros. (Foto: FDA / Divulgação)

A orientação sexual do indivíduo não poderá ser usada como critério para impedir a doação a sangue nos hemocentros de Minas Gerais. Por conta da proibição de gays realizarem a doação, por serem considerados “grupo de risco”, o deputado estadual Cristiano apresentou o Projeto de Lei 5.207/2018. O texto, em tramitação na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) busca combater a discriminação contra a contra a comunidade LGBT, estabelecendo igualdade de tratamento nos postos de coleta.

 

“Recebemos denúncias de que pessoas da comunidade LGBT estão sendo barradas na doação de sangue. A ideia de considerar esse público como ‘grupo de risco’ é ultrapassada e não pode mais vigorar. Queremos garantir por lei a isonomia de tratamento a todos os cidadão, independente da orientação sexual de cada um”, ressalta Cristiano Silveira.

 

O projeto está em análise inicial nas comissões temáticas da ALMG. Para virar lei, o texto terá que ser aprovado em dois turnos no Plenário. Depois disso, precisa ainda passar pela sanção do governador.

Posts Relacionados