Hoje é 21 novembro 2017

Inquérito no STF: Deputados denunciam irregularidades de Aécio e Anastasia

Belo Horizonte - Mensalao Mineiro - MPMG - STF - Crisitano Silveira - by Jean Piter (1)

Caixa com documentos foi entregue ao MP. (Foto: Jean Piter)

Deputados estaduais do Partido dos Trabalhadores (PT) protocolaram no Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), na quinta-feira (05/05), um pedido para que seja enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF) documentos do processo do mensalão mineiro. O objetivo é que as informações sejam incluídas no inquérito que irá apurar se Aécio Neves atuou para maquiar documentos do Banco Rural, durante a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) dos Correios. As irregularidades teriam ocorrido em 2005 e 2006, quando ele era governador de Minas.

 

Os deputados Cristiano Silveira, Rogério Correia, Marília Campos e Dr. Jean Freire se reuniram com o promotor Eduardo Nepomuceno para entregar os relatórios. “Esses documentos tratam de contratos do Governo do Estado com as agências de publicidade SMP&B e DNA Propaganda. São de 2003 a 2005, período em que Aécio foi governador. Queremos que essas informações sejam envidadas ao ministro do Teori Zavascki, do STF, para que o caso seja apurado”, explicou Cristiano Silveira.

 

 

Conflito de interesses

Belo Horizonte - Mensalao Mineiro - MPMG - STF - Crisitano Silveira - by Jean Piter (2)

Promotor recebeu a documentação dos parlamentares. (Foto: Jean Piter)

Outra denúncia feita pelos deputados é sobre a desapropriação do Jokey Clube, em Belo Horizonte, para a construção da Cidade Administrativa. Segundo documentos entregues ao MP, o senador Antonio Anastasia teria recebido indevidamente dinheiro da indenização do terreno, do qual era sócio na época. Ao todo, foram pagos R$ 24 milhões aos proprietários.

Posts Relacionados