Hoje é 17 agosto 2022

Danos provocados pelo rompimento de barragens da Samarco será tema de audiência pública em Mariana

Mariana - Barragens Samarco - by Antonio Cruz - Agencia Brasil (1)

Distrito de Bento Rodrigues ficou completamente destruído. (Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil)

A Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realizará uma audiência pública em Mariana, Região Central, na próxima segunda-feira (16), no Teatro do Sesi (Rua Frei Durão, 22 – Centro). O objetivo é discutir a situação das famílias que foram atingidas pelo rompimento das barragens de Fundão e Santarém, da mineradora Samarco, na semana passada, no distrito de Bento Rodrigues. O requirimento para reunião, de autoria dos deputados Cristiano Silveira e Rogério Correia e Thiago Cota foi aprovado nesta quarta-feira (11).

 

“Queremos saber a real situação dos moradores da região para que possamos cobrar providências urgentes tanto da empresa quanto dos órgãos do governo.  Também queremos que sejam tomadas ações preventivas para fiscalizar a segurança das outras barragens em nosso estado para que esse tipo de acidente não volte a acontecer”, explicou o presidente da Comissão de Direitos Humanos, deputado Cristiano Silveira.

 

O parlamentar também manifestou preocupação com os outros municípios que formam atingidos. Eles destacou a necessidade de ações emergenciais para garantir o fornecimento de água nas cidades atingidas. “Em várias regiões, a captação de água foi suspensa por conta da lama de rejeito de minério que atingiu o Rio Doce e outros cursos d’água. É uma situação grave, ainda mais por conta da falta de chuvas que nosso estado vem passando. Temos que tomar providências urgentes para que essas cidades não fiquem desabastecidas”, destacou.

 

 

CPI das Barragens

Comissão de Direitos Humanos

Deputados cobraram ações do governo e da mineradora. (Foto: Ricardo Barbosa/ALMG)

Durante a reunião desta quarta-feira, o deputado Rogério Correia lembrou que estão sendo recolhidas assinaturas para a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os minerodutos e as barragens de Minas. O deputado Professor Neivaldo (PT) teve aprovado requerimento para que a comissão visite outras barragens no estado, com o objetivo de fiscalizar a segurança de cada uma delas.

 

 

Trabalho conjunto

A audiência da próxima segunda-feira, em Mariana, deverá contar com a participação da Comissão de Segurança Pública, que será convidada para a reunião em razão do trabalho realizado pelo Corpo de Bombeiros (CBMMG), Polícia Militar (PMMG) e Defesa Civil (Cedec) no socorro às cidades atingidas.

 

 

Mais audiências

Uma outra audiência pública será realizada, de forma conjunta, pelas Comissões de Turismo, Indústria, Comércio e Cooperativismo; de Minas e Energia e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. O objetivo é discutir a extensão dos danos provocados pelo rompimento das barragens, medidas para reparação dos danos, mudanças na fiscalização e ações para prevenir novos acidentes. O requerimento para reunião foi aprovado nessa terça-feira (10). A data e o local para realização deverão ser marcados nos próximos dias.

 

 

Outras providências

Mariana - Rompimento barragens Samarco - Cristiano Silveira - by Vinícius Mendes

Na última segunda-feira, Cristiano Silveira esteve em Mariana. (Foto: Vinícius Mendes)

A Comissão de Direitos Humanos enviará um ofício à Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), solicitando fiscalização mais rigorosa em todas as barragens de rejeitos de exploração mineral em Minas. Também será encaminhado à Samarco pedido de providências para solucionar o problema de abastecimento de água em Governador Valadares e nos demais municípios da Bacia do Rio Doce que forma afetados pelo rompimento das barragens. Uma ação com esse objetivo já está sendo movida pelo Ministério Público.

Posts Relacionados

Comentários estão fechados.