Hoje é 27 julho 2021

Autistas e pessoas com síndrome de Down poderão ter prioridade em vacinação contra a Covid-19

Projeto pretende priorizar a vacinação de  pessoas com síndrome de Dow, autismo e deficiência intelectual. (Foto: Rovena Rosa / Agência Brasil)

As pessoas com síndrome de Down, deficiência intelectual ou autismo poderão ser incluídas no grupo prioritário de vacinação contra a Covid-19 nos municípios mineiros. Isso é o que propõe o Projeto de Lei 2.720/2021, apresentado nesta quarta-feira (19/05/2021) na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). A proposta é de autoria dos deputados Cristiano Silveira (PT), Ulysses Gomes (PT) e Ana Paula Siqueira (Rede).

O texto prevê que os pais ou responsáveis e os profissionais que atuam no cuidado dessas pessoas também tenham prioridade na vacinação. São eles os cuidadores, enfermeiros, técnicos e auxiliares que trabalham nessa área de atendimento especializado.

“As pessoas com síndrome de Down, autismo ou deficiência intelectual precisam de cuidados especiais. Elas precisam de acompanhamento médico, terapia e outros atendimentos regulares. Por isso é difícil manter o isolamento. Sendo isso, é necessário que elas tenham prioridade na vacinação contra a Covid-19, assim como as pessoas que realizam diretamente esses cuidados”, explica o deputado Cristiano Silveira.

 

Comprovação
Para ser incluído no grupo prioritário, será preciso apresentar um laudo médico que comprove a síndrome de Down, o autismo ou a deficiência intelectual. Os pais deverão ter a certidão de nascimento do filho, para comprovar o vínculo. Os responsáveis vão precisar do documento que comprove a concessão de tutela.

Para os profissionais que atuam no atendimento a essas pessoas, será exigido o diploma ou outro documento que comprove a formação específica. Eles também vão precisar de um relatório dos pais ou responsáveis, que informe sobre o atendimento presencial.

 

Requerimento
O deputado Cristiano Silveira apresentou requerimento pedindo ao Estado a inclusão imediata das pessoas com síndrome de Down, autismo ou deficiência intelectual no grupo prioritário de vacinação contra a Covid-19. “Apresentamos o projeto de lei para que essa prioridade fique formalizada. O texto terá que passar por análise e votação na Assembleia e isso leva tempo. Por isso estamos pedindo que o governo, desde já, faça a inclusão dessas pessoas no grupo prioritário, até que a lei possa ser aprovada”, conclui Cristiano Silveira.

Posts Relacionados

1 Comentário

  1. Waldirene das Dores de Souza Dolavale
    20 de maio de 2021 at 18:28 Responder

    Minha filha tem autismo ela tem 5 anos e não toma vacina eu tenho direito de ser vacinada?